Cotidiano

Após morte de mulher atingida por parte de fachada, condomínio é obrigado a instalar tela de proteção

Defesa Civil do Recife foi ao local em que mulher morreu após ser atingida por material que se desprendeu de prédio — Foto: Luna Markman/TV Globo

Segundo a prefeitura do Recife, responsáveis pelo Edifício São Cristóvão, na área central, deverão adotar outras medidas. Polícia abriu inquérito para apurar o caso. Célia de Barros, de 60 anos, morreu no local.

 

Mulher morre ao ser atingida por pedaço de fachada de prédio no Recife
Mulher morre ao ser atingida por pedaço de fachada de prédio no Recife

Horas após morte de uma mulher, atingida por pedaços da fachada de um prédio, no Recife, a prefeitura informou que o condomínio foi intimado a instalar, de imediato, telas de proteção. O fato ocorreu, nesta segunda (8), na calçada do Edifício São Cristóvão, na Boa Vista, na área central da cidade. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar o caso (veja vídeo acima).

Célia Cesária de Barros, de 60 anos, morreu no local, de acordo com o Instituto de Criminalística (IC) (veja vídeo abaixo). Segundo a perícia, ela estava passando pelo local e teve uma lesão muito profunda.

Mulher morre ao ser atingida por parte da fachada de prédio na Rua da Aurora, no Recife
Mulher morre ao ser atingida por parte da fachada de prédio na Rua da Aurora, no Recife

Por meio de nota, a administração municipal informou que equipes da Secretaria Executiva de Controle Urbano (Secon) e da Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec) foram até o prédio para fazer uma vistoria.

O edifício, que fica na Rua da Aurora, deverá também adotar outras providências para evitar novos problemas desse tipo.

Segundo a prefeitura, além de constatarem a “necessidade de colocação da tela”, as equipes informaram que o condomínio precisa realizar uma “manutenção urgente da fachada”.

Outra medida, segundo a orientação do poder público, é a colocação de “bandejas” para reforçar a segurança no local.

Além disso, a prefeitura ampliou com cones e fitas o isolamento da calçada e da ciclofaixa situadas em frente ao prédio. O poder público disse que “nunca havia chegado nenhuma denúncia sobre o edifício”.

Defesa Civil do Recife foi ao local em que mulher morreu após ser atingida por material que se desprendeu de prédio — Foto: Luna Markman/TV Globo
Defesa Civil do Recife foi ao local em que mulher morreu após ser atingida por material que se desprendeu de prédio — Foto: Luna Markman/TV Globo

Na nota, a administração municipal informou que a lei 13.032, de 14 de junho de 2006, aponta que “é de responsabilidade do proprietário do imóvel e condomínio realizar a cada três anos vistoria das condições físicas do conjunto estrutural do prédio e atestar a segurança da edificação”

Prédio fica na Rua da Aurora, no Centro do Recife — Foto: Marina Meireles/G1
Prédio fica na Rua da Aurora, no Centro do Recife — Foto: Marina Meireles/G1

Ainda segundo a prefeitura, qualquer pessoa pode acionar a Defesa Civil, pelo 0800 081 3400, ao verificar possíveis problemas na conservação dos imóveis, que gerem risco para moradores e para a população.

Os técnicos realizam vistorias nos locais e elaboram pareceres técnicos, que são encaminhados para a Secretaria Executiva de Controle Urbano (Secon), responsável por exigir que os proprietários executem as medidas recomendadas para restaurar a segurança das edificações.

Advogado

O advogado Anderson Lourenço, que defende o condomínio do Edifício São Cristóvão, disse que a atual síndica entrou no cargo em fevereiro do ano passado e que recebeu a administração após a destituição da antiga titular.

O defensor também afirmou que a antiga responsável, “ao sair, não deixou disponível qualquer documentação sobre a condição fiscal, financeira e estrutural do prédio”

O advogado disse, ainda, que “algumas empresas foram procuradas pela atual gestão para a profissionalização da administração do condomínio e melhorias das estruturas internas do edifício”.

Sobre a família da vítima, o advogado do condomínio informou que “só descobriram a identidade dela na delegacia”. “Foi feito um contato com a família, que preferiu se pronunciar por meio de advogado”, disse Lourenço.

Ainda segundo o advogado, a administração do condomínio se comprometeu a ajudar as investigações e que teria se disposto a custear o funeral da vítima, mas a família teria recusado esse apoio.

Imagens

 

Mulher morre ao ser atingida por pedaço de prédio na Rua da Aurora, no no Recife
Mulher morre ao ser atingida por pedaço de prédio na Rua da Aurora, no no Recife

Imagens divulgadas pela Polícia Civil mostram o momento em que a mulher caiu no chão, por volta das 9h50 em frente ao prédio (veja vídeo acima).

O neto da vítima foi até o local do acidente e, em seguida, foi até o Instituto de Medicina Legal (IML) para fazer o reconhecimento do corpo da avó.

Ele contou à TV Globo que Célia era cuidadora de idosos, tinha saído do bairro da Jaqueira e seguia para casa, no bairro de Joana Bezerra, um caminho que faz todo dia.

Fonte: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2021/02/08/apos-morte-de-mulher-atingida-por-parte-de-fachada-condominio-e-obrigado-a-instalar-tela-de-protecao.ghtml

Mais Acessadas

Criado em 2002 pelo síndico profissional Mauricio Jovino, o portal com mais de 13 anos de atividade, tem o objetivo de reunir conteúdo de qualidade a todos que administram, trabalham e vivem em condomínios.

Tel.: [11] 2814-4399
Cel.: [11] 98232-8383
Skype: condominioemfoco

Mauricio Jovino
Diretor Comercial

Facebook

Todos os Direitos Reservados 2016 © Condomínio em Foco - Desenvolvido por

Ir para Cima