Yeezy boost 350 V2 Yeezy boost 350 V2 for sale Yeezy 350 V2 for sale Yeezy 350 V2 Yeezy boost 350 V2 Yeezy boost 350 V2 for sale Yeezy 350 V2 for sale Yeezy 350 V2

Infiltração no centro da discórdia - Portal Condomínio em Foco -

Infiltração no centro da discórdia

0

Problema ocupa o terceiro lugar no ranking das maiores reclamações nos condomínios. Avaliação e reparos precisam ser feitos tão logo sejam detectados para evitar riscos à construção e prejuízo aos donos dos imóveis.

Rio – Problemas com infiltrações ocupam o terceiro lugar no ranking de reclamações dos condomínios, perdendo apenas para barulho e conflitos devido a vagas de garagem, segundo levantamento do Secovi Rio (Sindicato da Habitação) e da Lello, administradora paulista. O Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio) adverte que esse tipo de problema precisa ser reparado o mais rapidamente possível para evitar riscos e desembolso financeiro maior.

Segundo o conselheiro do Crea-RJ, especialista em Engenharia Civil e Estruturas, Antônio Eulálio, a água é o pior inimigo da engenharia. “Uma falha construtiva pode gerar vários tipos de infiltração. Mas há ainda falta de impermeabilização ou rompimento da tubulação. É preciso avaliar minuciosamente para evitar o quebra quebra desnecessário”, orienta.

Eulálio lembra que a conta de água é termômetro para acusar infiltração. “Se a despesa subir de uma hora para outra, é possível haver vazamento e, em seguida, problemas com infiltração”, afirma. De acordo com ele, o primeiro passo é chamar o construtor, se o prédio ainda estiver na garantia, ou um profissional. “Os condomínios precisam ter em seu poder a planta do edifício. Em geral, as empresas entregam a planta dos apartamentos. Travo uma luta desde 1997 para que a iniciativa se torne obrigatória, vire lei”, diz.

O gerente da Cipa Administradora de Condomínios e Imóveis, Samy Grubman, observa que o quadro das infiltrações pode ser agravado também pela falta de inspeção periódica, recomendada a cada três meses — tempo suficiente para o vazamento aparecer e ser tratado: “O check-up periódico é importantíssimo e mais econômico que esperar o que pode acontecer. Para a boa prevenção, podem ser utilizadas técnicas de impermeabilização, em terraços, banheiros e até cozinhas”, conclui Grubman.

Diretor da Frontal Engenharia, Mario Glasberg alerta que síndicos devem ter muito cuidado na hora de contratar um profissional: “Atualmente, existem empresas especializadas e com equipamentos que detectam por ultrassom o vazamento”, observa ele.

Documento assegura qualidade

Construções e reformas precisam ser averbadas no Crea-RJ por meio da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica). Segundo Agostinho Guerreiro, presidente do conselho, o valor do documento baixou a R$ 30. Ele ressalta que 90% das obras de pequeno porte não têm a anotação. “O percentual é alto, e a maioria das pessoas desconhece que a ART é importante, pois dá segurança para todos os envolvidos”, diz o presidente.

Ele lembra que o Crea-RJ não emite laudo, mas fiscaliza se a obra está sendo realizada de forma correta. No portal www.crea-rj.org.br, é possível conferir as empresas e profissionais habilitados pelo órgão. Os interessados em realizar qualquer tipo de construção ou reforma e solicitar vistoria podem ligar para o Disque-Crea pelo telefone (21) 2197-2063.

FIQUE ATENTO

Infiltrações acontecem por diversos motivos. A Cipa destaca os mais comuns: tubos e conexões de ferro que não foram substituídos devem ser trocados pelos de PVC; troca de tubos e conexões feitas de maneira errada, com materiais diferentes e/ou juntas mal vedadas também podem causar transtornos do dono do imóvel.

Rejunte mal feito também pode provocar infiltração, principalmente nos boxes de banheiros dos imóveis.

Impermeabilizações de baixa qualidade e economia no começo são prejuízo na certa.

Evite jogar água fervente para desengordurar a pia da cozinha. Ela pode danificar a tubulação que não for preparada para altas temperaturas.

Clique aqui para ver o link desta matéria

Compartilhar

Sobre o autor

Deixe um comentário