Yeezy boost 350 V2 Yeezy boost 350 V2 for sale Yeezy 350 V2 for sale Yeezy 350 V2 Yeezy boost 350 V2 Yeezy boost 350 V2 for sale Yeezy 350 V2 for sale Yeezy 350 V2

A UNIÃO ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO A FAVOR DA SEGURANÇA DOS CONDOMÍNIOS - Portal Condomínio em Foco -

A UNIÃO ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO A FAVOR DA SEGURANÇA DOS CONDOMÍNIOS

0

Face ao elevado número de roubos no entorno  e dentro dos  prédios,  ocorridos neste ano no estado de São Paulo,  observou-se a necessidade em se unir esforços entre os condomínios e os órgãos de Segurança Pública do Estado de São Paulo a fim de se minimizar tais problemas. Baseados nesta ideia, a concepção de Cinturão de Segurança através de sistema de monitoramento inteligente, surge como uma forma de se implantar projeto de proteção e ações para se prevenir e combater a criminalidade ao redor dos condomínios. Para tanto, no último mês de junho, foi celebrado um convênio entre a Secretaria de Segurança Pública e o Secovi sendo veiculada a seguinte notícia na mídia:  ‘BBB’ vai integrar câmeras de condomínios

Com sistema inteligente, Detecta forma cinturão em 38 municípios paulistas, incluindo S. José e Taubaté; objetivo é ajudar a prevenir roubos e furtos em prédios e condomínios fechados. O sistema Detecta, espécie de ‘cinturão’ de monitoramento’ criminal que abrange São José, Taubaté e ainda 36 outras cidades paulistas, vai integrar as câmeras dos condomínios à rede policial com o objetivo de reforçar o combate ao crime no Estado. A ação é fruto de um convênio firmado entre a Secretaria de Segurança Pública e o Secovi (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais). O Detecta é considerado um sistema de ponta, usado em Nova York há nove anos. A parceria terá validade de cinco anos. Fonte: http://gazetadetaubate.com.br/, de 28/06/2016.

   Este projeto, basicamente, diz repeito a integração do sistema de monitoramento por câmeras de condomínios do Estado, tendo como objetivo implementar um programa de prevenção contra os casos de roubo e furto em condomínios, edifícios e áreas urbanas, além de criar uma parceria educacional para que sejam desenvolvidas atividades do programa de prevenção junto aos usuários dos edifícios e condomínios onde permitirá a realização de orientações a respeito da prevenção de delitos, por meio de palestras e da distribuição de material informativo sobre o tema utilizando-se as Companhias da Polícia Militar da área a fim de atuarem de forma preventiva e reativa de segurança.

   No Estado de São Paulo, o sistema começou a ser utilizado no final do ano passado em 38 municípios. São 480 câmeras e radares OCRs (que registram placas de veículos), mais 2.181 câmeras de monitoramento em municípios e estradas da região ao sistema.

É importante que os síndicos participem de reuniões dos Conselhos Comunitários de Segurança para se inteirarem sobre o tema além de promoverem o treinamento de  todos os funcionários a fim de participarem no auxílio para identificação de possíveis ações suspeitas, não conformidades e/ou emergências na rua ou mesmo nos prédios a fim de atuarem preventivamente e em situações emergenciais acionando, de imediato,  a polícia.

Este excelente projeto terá ganhos positivos se houver a vontade de todos os envolvidos em participarem ativamente desta importante união entre os prédios e o sistema de Segurança Pública, que está se mostrando bastante aberto em interagir com os condomínios.

JOSÉ ELIAS DE GODOY

Especialista de Segurança em Condomínios e autor dos livros “Manual de Segurança em Condomínios’’ e “Técnicas de Segurança em Condomínios”.
Maiores informações: elias@suat.com.br

Compartilhar

Sobre o autor

Deixe um comentário